FIXA_BIODIVERSIDADE_OPCAO2.JPG

PROJETOS

Biodiversidade e Conservação

B2-A.JPG

Levantamento Florístico

Conhecer a biodiversidade, quais são as espécies de plantas e onde elas estão é fundamental para direcionar ações pela sua conservação. Com o intuito de entendermos melhor essa região tão biodiversa na qual estamos inseridos, começamos a fazer um estudo das espécies de plantas que encontramos na nossa terra e seu entorno. 

 

Um levantamento florístico consiste em um trabalho de coleta de plantas com propósito científico de identificar a espécie, secar o material e depositá-lo no herbário - que é como se fosse uma grande biblioteca de plantas secas! Com esse material coletado, os cientistas podem estudar a espécie, mapear sua distribuição, ter um registro histórico de ocorrência e, algumas vezes, até extrair material genético para outras pesquisas!

B3-C.jpeg

Mapeamento de Espécies para Conservação

Vivemos a era do Antropoceno, período marcado por transformações ambientais irreversíveis provocadas pela espécie humana. A destruição de habitat é a principal causa global de extinção de espécies.

 

Neste contexto, ainda que cada unidade do ecossistema seja fundamental para a manutenção de seu equilíbrio, espécies raras, geograficamente restritas (endêmicas) 

e/ou ameaçadas recebem atenção especial em função de sua susceptibilidade à extinção. Assim, além do levantamento florístico, destacamos em nossos inventários essas espécies a fim de desenvolver estratégias direcionadas à sua proteção.

2.JPG

Guia Ilustrado de Campo

Nomes científicos costumam ser muito complexos... São de difícil memorização e ainda por cima estão em latim!  Pensando em outras formas de documentar, registrar e compartilhar a biodiversidade, estamos elaborando guias fotográficos das plantas encontradas em Ayrumã e região. Assim todo mundo vai poder ver a carinha dessas espécies que tanto embelezam esse ecossistema e reconhecê-las em seu habitat natural.

Alecrim do campo (13).JPG

Levantamento de Plantas Medicinais

As plantas têm propriedades muito úteis para a saúde humana. Grande parte dos remédios (caseiros ou alopáticos) que são utilizados por nós vieram de compostos extraídos e estudados a partir das plantas.

 

Por estarmos em uma região extremamente rica e biodiversa, com populações tradicionais que têm conhecimentos profundos sobre as propriedades das plantas nativas, pretendemos fazer, junto à comunidade, um levantamento botânico afetivo das plantas medicinais - quais espécies, usos, causos e histórias.

Murici.jpg

Levantamento de PANCs

Assim como as plantas medicinais, as Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) têm sido historicamente utilizadas por povos tradicionais do Brasil e do mundo. Muitos dos alimentos que fazem parte atualmente da base alimentar da humanidade foram descobertos a partir do conhecimento ancestral acerca da biodiversidade. Atualmente, (re)conhecer as espécies de plantas nativas úteis para fins alimentícios é uma forma de resgatar essa ancestralidade e contribuir para a conservação da biodiversidade a partir da valoração dos serviços ecossistêmicos.

B7.jpg

Mapeamento de APPs

As Áreas de Preservação Permanente (APPs) são um instrumento legal (Lei Federal Nº 12.651/2012) para garantir a preservação da vegetação nativa em áreas indispensáveis para a manutenção do equilíbrio ecológico assegurado no artigo 225 da Constituição Brasileira de 1988. Dentre as áreas protegidas, destacam-se as faixas marginais dos cursos d’água, que reduzem o assoreamento dos rios e garantem o fluxo genético entre populações de plantas e animais; as áreas no entorno das nascentes que atuam na manutenção de sua vazão; os topos de morros que servem como área de recarga hídrica reabastecendo os cursos d’água e lençóis freáticos; dentre outras. Diante disso, Ayrumã têm feito um esforço para mapear, conservar e restaurar as APPs localizadas em nossas terras, por meio de técnicas de geoprocessamento, trabalhos de campo e plantios de enriquecimento.

B8-A.jpg

Levantamento de Avifauna

Além da riqueza florística, a Serra do Espinhaço se destaca pela diversidade de aves restritas aos seus picos e vales. Espécies como o beija-flor-de-gravata-verde (Augastes scutatus) encantam os olhares atentos e movimentam o turismo de observadores de aves na região. Visando contribuir para o fortalecimento do laço afetivo entre a humanidade e o meio natural que esse turismo propicia, a fim de intensificar práticas sustentáveis e aguçar a observação da Natureza, atuamos na catalogação das aves encontradas em Ayrumã e entorno.